Epice
Por Gustavo Daud em 13-out-15

O Epice, do chef Alberto Landgraf, aberto desde 2011, é um restaurante premiado como um dos melhores da América Latina e já conseguiu sua estrela no internacional guia Michelin.

Viemos experimentar o cardápio executivo (R$ 61) no almoço de uma sexta feira. O restaurante é pequeno e elegante. No horário que chegamos (cerca de meio dia) o restaurante estava vazio então não tivemos que esperar para sentar. 

Cada dia é servida uma combinação de pratos diferentes para o cardápio executivo.

Para o couvert nos foi servido alguns pães (quentinhos, macios e fresquinhos), manteiga, azeite e um pouco de flor de sal. 

Para entrada, principal e sobremesa haviam duas opções (lembrando que varia por dia da semana, fomos na sexta). Para entrada havia peito de frango marinado ou uma manjuba com rúcula. Optamos pelo segundo.

O peixe estava bem temperado e, apesar do trabalhinho para tirar o espinho, gostamos muito.

Para prato principal a Melissa pediu a pescada com pupunha e alcachofra da foto acima. Segundo ela o sabor estava suave e marcante, com um equilíbrio perfeito entre os ingredientes.

Eu optei pela costela de boi com canjiquinha. O prato tem um gosto delicado e os ingredientes se complementam (a canjica combinou perfeitamente com a carne) 

Para sobremesa (ainda bem que) o garçom nos convenceu a pedir a torta de chocolate com sorvete de caramelo. Tanto o chocolate como o sorvete não estavam nem muito doce nem muito amargos, estava no ponto perfeito.  Esta é a única sobremesa constante em todos os dias da semana. 

Achamos a comida incrível com preço mais do que justo para essa experiência gastronômica que ficamos contentes de experimentar. E a equipe de atendimento é muito simpática e estão sempre atentos para os nossos pedidos. 

Me Gusta 

Endereço
Gustavo Daud

Engenheiro de software que mora em São Paulo e sempre está procurando experienciar lugares novos.